Santa Casa de Pompéia – Enfermeiros são capacitados na área cardiológica

Região Saúde Últimas Notícias

Visando capacitar cada vez mais e melhor os funcionários da Santa Casa de Pompeia, a diretoria do hospital pompeiano promoveu as presenças das enfermeiras: Bruna Carvalho Pivetta da Costa, Nayara Yuri Ide Moris e Karenne Daynna Zanguettin, para o curso ACLS – Suporte Avançado de Vida em Cardiologia da American Heart Association, destinado a profissionais de saúde que participam do tratamento de pacientes vítimas de parada cardiorrespiratória ou que apresentam emergências cardiovasculares, como arritmias, infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral. “Nossa proposta é fazer com que nossa equipe seja cada vez mais hábil para um melhor atendimento aos nossos pacientes”, disse Alair Mendes Fragoso, provedor da Santa Casa de Pompeia. 

De acordo com a enfermeira Bruna Carvalho Pivetta da Costa o treinamento é baseado na simulação de situações reais em estações práticas, nas quais os profissionais podem aprofundar as competências tanto como líder quanto como membro de uma equipe de atendimento de emergência de alto desempenho. “Foram dois dias de treinamentos intensos na Help2 Treinamentos promovido pela Active”, disse a enfermeira pompeiana que considerou válido o encontro e bem oportuno. “A área da saúde é um segmento em que o estudo e a busca por novas tecnologias são constantes e frequentes”, resumiu Alair Mendes Fragoso ao agradecer a participação dos três funcionários da Santa Casa de Pompeia. 

O enfermeiro especialista em Cardiologia e Hemodinâmica possui expertise na área de avaliação clínica, interpretação de exames de imagem — como tomografia, angiotomografia, ressonância, cateterismo, angioplastia, ecocardiograma, holter — oferecendo conhecimento teórico em imaginologia, voltada para área de cardiologia. Além disso, interpreta exames específicos da área, como os biomarcadores de lesão cardíaca e outros que são comuns a quaisquer pacientes. Por meio de conhecimentos especializados na área de cardiologia clínica, cirúrgica e intervencionista, esse profissional auxilia de maneira decisiva na gestão do cuidado, favorecendo que os resultados sejam os melhores possíveis. “A capacidade de raciocínio clínico desenvolvida com base nos conhecimentos teóricos e práticos adquiridos, auxilia para que as tomadas de decisão sejam mais assertivas e dinâmicas, de acordo com as necessidades dos usuários dos serviços nas esferas da Atenção Primária, Secundária e Terciária da Saúde”, justificou o provedor para a participação do pessoal da Santa Casa de Pompeia. 

De acordo com Alair Mendes Fragoso com o avanço das tecnologias em saúde surge a demanda por profissional especializado para gerenciar o cuidado na área da Cardiologia Intervencionista. “Dentro de nossas limitações estamos buscando um atendimento de qualidade”, defendeu o dirigente hospitalar, ao lembrar que o enfermeiro especialista atua para que o momento de entrada no paciente no hospital ou na unidade de atendimento ocorra por meio de procedimentos qualificados, com a validação da vulnerabilidade clínica do cardiopata em situações eletivas ou de emergências, permitindo o planejamento do cuidado de forma individualizada e com qualidade, graças à expertise do profissional. “O controle de suporte clínico, desde a admissão do paciente até a alta, o controle de materiais e de tecnologias disponíveis, além do controle de recursos humanos na área de Hemodinâmica permeiam melhores práticas e resultados, procedimentos nos quais se destaca a atuação deste profissional”, valorizou o provedor.