AUDIÊNCIA DO SARGENTO ALAN, DO INCIDENTE DA “CARTEIRADA” DA VEREADORA DANIELA, É ADIADO DEVIDO À COVID.

Cidade Polícia Últimas Notícias

Em função da Covid-19 a audiência para o depoimento de testemunhas no Conselho de Disciplina instaurado contra o sargento Alan Fabrício Ferreira, foram suspensas pela Polícia Militar.

As oitivas deveriam acontecer na próxima quarta-feira (26). Em 2020, o policial apreendeu carro da vereadora Professora Daniela (PL), que não possuía a documentação em dia, e foi repreendido por sua superiora, tendo gravado a ligação e exposto o acontecimento. O episódio ficou conhecido como o “escândalo da carteirada”.

A vereadora foi reeleita e o sargento virou alvo da própria corporação, respondendo por infração militar e, se for considerado culpado, corre o risco de ser expulso da Polícia Militar.

A sessão foi adiada em função de um caso confirmado de Covid, em contactante do presidente do Conselho de Disciplina, porém em um despacho assinado no final de 2021, o capitão da Polícia Militar André Vander Zambelli Ribeiro negou o arquivamento sumário do feito contra Alan e afastou a nulidade por erro em quesito.

Dos pedidos do sargento, o presidente do Conselho de Disciplina deferiu apenas a produção de provas testemunhais complementares.