92,8% DAS MULTAS DA BLITZ DE FIM DE ANO FORAM DE RECUSA A BAFÔMETRO

Brasil Polícia Últimas Notícias

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) constatou que 92,8% das multas aplicadas em dezembro de 2021 durante as fiscalizações da Operação Direção Segura Integrada (ODSI) foram para motoristas que se recusaram a fazer o teste do bafômetro.

Foram 305 multas, das quais 4 foram enquadradas como crime de trânsito, quando o motorista tem mais de 0,34% de miligramas de álcool por litro de ar expelido.

No total, 5.495 testes foram feitos em 18 municípios paulistas por meio das 22 fiscalizações, em noites de sexta, sábado e madrugadas de domingo nas cidades de São Paulo, Taubaté, Brodowski, Santo André, Praia Grande, São José do Rio Preto, Franca, Cubatão, Salto, São Caetano, Votuporanga, Hortolândia, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Jaú, Registro, Catanduva e Rio Claro.

O horário das ações foi porque a maior parte das mortes por suspeita de embriaguez ao volante entre janeiro de 2019 e julho de 2021, 378 dos 892 óbitos (42,3%), registrados em São Paulo terem sido aos finais de semana e no período noturno.

Jovens entre 18 e 24 anos representam 18% das vítimas fatais e de acordo com o Detran-SP, os 283 motoristas autuados por recusa ao teste do bafômetro serão multados no valor de R$ 2.934,70 e responderão a processo de suspensão da carteira de habilitação. No caso de reincidência em 12 meses, a pena será aplicada em dobro – R$ 5.869,40, além da cassação da CNH.