DEIC DE BAURU ESCLARECE ROUBOS EM ÔNIBUS. O AUTOR, QUE FOI RECONHECIDO POR PELO MENOS DUAS VÍTIMAS, FOI DETIDO PELA POLÍCIA MILITAR

Polícia Últimas Notícias

A Polícia Civil esclareceu ao menos dois roubos praticado por um homem em veículos de transporte coletivo nos bairros Santa Edwiges, Parque Jaraguá e Santa Fé, no município de Bauru. O autor foi detido, na terça-feira (3), por uma equipe da Polícia Militar.
A ação foi realizada após cerca de três meses de agentes da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade, que realizavam diligências para esclarecer a autoria de roubos ocorridos em ônibus.
As características e atividades do suspeito, que usava arma branca para praticar os crimes, estava sendo alvo de investigação pelas equipes da delegacia especializada, que montaram plano de ação com diligências noturnos, além de agentes infiltrados em coletivos.
Além disso, algumas ações foram filmadas pelo circuito de câmeras de coletivos, sendo que os investigadores constataram tratar-se do mesmo suspeito, por vezes acompanhado de um comparsa. As informações foram compartilhadas com a PM, que realizada diversas ações na referida região.
O minucioso trabalho de apuração da Deic de Bauru ainda criou um canal de comunicação direto com a diretoria de segurança das empresas e os fatos eram imediatamente reportados, por vezes com acionamento dos papiloscopistas e perícia técnica na tentativa de coleta dos vestígios.
Na noite de segunda-feira (2), um motorista que tinha sido vítima de roubo na última sexta-feira percebeu que o mesmo homem estava parado no ponto de ônibus da rua Juvenal Bastos, no Parque Jaragua. Ele acionou a equipe da DIG que, devido à distância e urgência. orientou o motorista acionar a PM.
Policiais militares imediatamente se deslocaram até o endereço indicado e conseguiram abordar o suspeito, que trazia portava uma faca. O homem foi apresentado na delegacia, onde os policiais especializados, com apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE), iniciaram novas diligências.
Com autorização do acusado, foram realizadas vistoria na comunidade onde ele mora, sendo arrecadadas vestes similares com as usadas em ações criminosas. As peças foram apreendidas para perícia e auxiliarão nas próximas etapas da investigação.
O investigado foi reconhecido como autor por pelo menos dois motoristas, sendo que um deles foi vítima do mesmo homem em datas diferentes. Durante a abordagem ele se apresentou com nome falso, mas teve a identidade correta descoberta e teve a prisão temporária requisitada à Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.