Nasa enviará sonda para estudar asteroide avaliado em R$ 50 quatrilhões 

Variedades

Um grande asteroide rico em metais que se acredita ser o antigo núcleo de um planeta primitivo será estudado pela NASA através de uma sonda que será enviada.  

Uma equipe de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) apresentou em um artigo, publicado no Journal of Geophysical Research : Planets, contendo os mapas mais detalhados até hoje da superfície do asteroide Psyche, com base em observações feitas por um grande conjunto de telescópios terrestres no norte do Chile. 

O trabalho revela vastas regiões ricas em metal que se estendem pela superfície do asteróide, juntamente com uma grande depressão que parece ter uma textura de superfície diferente entre o interior e sua borda; essa diferença pode refletir uma cratera cheia de areia mais fina e cercada por materiais mais rochosos. 

“Esses mapas confirmam que asteroides ricos em metais são mundos interessantes e enigmáticos. É outra razão para esperar que a missão Psyche vá para o asteroide.” afirmou Saverio Cambioni, pesquisador do Departamento de Ciências da Terra, Atmosféricas e Planetárias do MIT 

De acordo com um estudo publicado no The Planetary Science Journal em 2021, o asteroide (16) Psique está localizado no cinturão de asteroides entre Júpiter e Marte, com seus 210 quilômetros de diâmetro, está a 310 milhões de quilômetros do nosso planeta. 

Segundo a cientista da NASA Lindy Elins-Tanton, seu teor de ferro pode ser avaliado em US$ 10 quadrilhões (cerca de R$ 50 quartrilhões). Em 2019, a revista Forbes afirmou que a economia mundial era de aproximadamente 142 trilhões de dólares, ou seja, o asteroide equivale a 100 mil vezes o valor das finanças globais. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.