PELA PRIMEIRA VEZ EM 5 MESES, MÉDIA MÓVEL DE MORTES POR COVID PASSA DE 600

Brasil Saúde Últimas Notícias

Nesta terça-feira (01) o Brasil registrou 171.028 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o país totaliza 25.625.133 infectados pelo coronavírus desde o começo da pandemia.

A média móvel foi para 184.437 diagnósticos positivos, 84% maior que o cálculo de 14 dias atrás, o que demonstra uma tendência de alta.

Nas últimas 24 horas, o país registrou 767 mortes pelo vírus, elevando para 628.132 o total de vidas perdidas no país para o coronavírus.

A média móvel passou para 604 óbitos, 181% maior que o cálculo de duas semanas atrás, o que demonstra uma tendência de alta. O índice não ficava acima de 600 desde 6 de setembro de 2021.

A “média móvel de 7 dias” faz uma média entre o número do dia e dos seis anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda dos casos ou das mortes. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o ruído” causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

Ao todo, 21 unidades federativas do Brasil atualizaram seus dados sobre vacinação contra a Covid-19 nesta terça-feira.

Em todo o país, 165.297.376 pessoas receberam a primeira dose de um imunizante, o equivalente a 76,94% da população brasileira. A segunda dose da vacina, por sua vez, foi aplicada em 149.628.004 pessoas, ou 69,65% da população nacional. Já 46.161.151 pessoas receberam uma dose de reforço.

Nas últimas 24h foram registradas a aplicação de um total de 889.946 doses de vacinas contra a Covid-19. Foram 245.382 primeiras doses, 82.111 segundas doses, -363.681 doses únicas (devido a correções de alguns estados) e 889.946 de reforço.