PAI AGRIDE PROFESSOR APÓS A FILHA RELATAR ASSÉDIO SEXUAL

Polícia Últimas Notícias Variedades

O incidente aconteceu na cidade de Cosmópolis. O pai de uma aluna agrediu um professor de uma escola estadual após a filha relatar ter sido assediada pelo professor.

Durante a briga, um outro professor tenta separar os homens e acaba sendo agredido também.

Os dois professores foram socorridos por médicos do Resgate na escola mesmo, e depois levados para um hospital da cidade.

Os alunos documentaram todo o incidente com seus celulares.

De acordo com relato da garota o professor assedia várias meninas, que se sentem incomodadas com os toques do professor, que passam a mão em seus cabelos, põe a mão em suas cinturas, aperta suas pernas.

Ela ainda relatou o seguinte incidente:

“Hoje, na nossa sala, a gente estava conversando, entre eu e as meninas e tinha um amigo meu no meio, e aí ele [professor] acabou falando assim, que se não tivesse casado, ele transaria comigo. E aí eu fingi que não tinha ouvido, ele falou de novo. Aí eu fiquei parada, assim, porque eu fiquei em choque, né?”

A garota disse que relatou o ocorrido para a diretora e para a coordenadora, que teriam conversado com o docente.

“Eu não tava conseguindo ficar na sala, aí eu fui pro banheiro, liguei pra minha mãe chorando, tava desesperada, e ela me ligou, falou com meu pai, meu pai mandou mensagem, eu mandei um áudio pra ele de dentro do banheiro, depois eu fui na sala de novo, pegar minha mochila, e depois fiquei lá no pátio e meu pai chegou”, contou a adolescente.

O pai assume que sua atitude não foi correta em agredir fisicamente o professor, porém disse que perdeu a cabeça com o relato da filha.

O professor negou o assédio em depoimento para a Polícia Civil. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso e pediu ao pai da aluna que apresente mais provas do assédio sofrido pela filha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.