625 MIL PESSOAS DEVEM DEVOLVER O AUXÍLIO EMERGENCIAL

Brasil Últimas Notícias Variedades

O Ministério da Cidadania notificou 625 mil pessoas que receberam o Auxílio Emergencial a devolverem o valor recebido indevidamente.

Este é o terceiro lote de mensagens enviadas pelo Ministério da Cidadania. Em outubro outras 627 mil pessoas foram notificadas.

Estão sendo notificadas pessoas que receberam recursos de forma indevida por não se enquadrarem nos critérios de elegibilidade do programa ou que, ao declarar o Imposto de Renda Pessoa Física, já geraram o documento DARF para restituição das parcelas recebidas mas não efetuaram o pagamento.

Um segundo grupo inclui pessoas com indicativo de recebimento de um segundo benefício assistencial, como aposentadoria, seguro desemprego ou Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, “ou aquelas com vínculo empregatício na data do requerimento do Auxílio Emergencial, ou identificadas com renda incompatível com o recebimento, dentre outros casos”.