ALUNOS SÃO EXPULSOS POR FRAUDAR COTAS DA USP

Brasil Últimas Notícias

Na última quinta-feira (22) a Universidade de São Paulo (USP) decidiu expulsar seis alunos de graduação por fraudes em cotas destinadas a pessoas pretas, pardas e indígenas durante o processo de ingresso na instituição.

Os alunos têm um prazo para um pedido de reconsideração da decisão e devido a isso, a USP não pode dar mais detalhes.

Os alunos integravam o corpo discente da Faculdade de Medicina de São Paulo, da Faculdade de Odontologia em Bauru, e da Escola de Enfermagem, na capital.

A primeira e única vez que um aluno foi expulso da universidade por fraude em cotas foi em julho de 2020, na época o aluno não teria conseguido comprovar sua autodeclaração de ascendência negra e baixa renda familiar.