MULHER MORRE APÓS FAZER PROCEDIMENTO ESTÉTICO NO RIO DE JANEIRO

Polícia Saúde Últimas Notícias

Maria Jandimar Rodriguez, uma diarista de 39 anos, morreu nesta sexta-feira (17) após se submeter à uma hidrolipo em uma clínica localizada em centro comercial no Carioca Shopping, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

A família divulgou vídeo onde Maria Jandimar se debatia durante o procedimento. Em áudios de uma conversa entre Maria e uma funcionária de clínica, a mulher conta que Maria havia se debatido e gritava muito durante o procedimento, e ela disse não lembrar e reclamou de estar com muita dor.

Maria Jandimar havia passado por outro procedimento na mesma clínica, ela teria retirado gordura das constas no dia 10 de dezembro.

O médico que a operou, o colombiano Brad Alberto Castrillon, tentou fugir do local ao perceber que Maria estava passando mal, porém foi impedido pelos seguranças do shopping onde está localizada a clínica.

“Eu falei: cara, tuia fugir? Não, eu estava chamando um táxi para levar ela”, contou o marido da vítima, Wagner Rodrigues, sobre o diálogo que teve com o médico.

A família de Maria contou ainda que ela fez os exames pedidos pela clínica, antes do procedimento, e que ela gastou cerca de R$ 5 mil no procedimento.

No sábado (18) a clínica foi interditada pela polícia para realização da perícia no local. O médico foi a delegacia, mas permaneceu em silêncio e apenas apresentou a documentação da clínica.

De acordo com a polícia a documentação da clínica está em dia e o médico teria a habilitação necessária para a realização do procedimento.

A família esteve no Instituto Médico Legal neste sábado (18) para fazer o reconhecimento do corpo. Eles contaram que Maria era uma mulher vaidosa e conheceu o médico por indicação de amigas. A Polícia Civil investiga o caso e aguarda os exames do IML pra saber qual foi a causa da morte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.