“ACORDO COLETIVO COM EMPRESAS DO COMÉRCIO É RESPOSTA A INÉRCIA DO REPRESENTANTE PATRONAL”, DISSE HERRERA

Últimas Notícias

O Sindicato dos Comerciários de Marília iniciou na última semana as assinaturas de Acordos Coletivos individuas com empresas para garantir o reajuste salarial da categoria, que possuí mais de 10 mil trabalhadores na cidade e tem sua data base em 1º de setembro.

“O Acordo Coletivo de Trabalho é instrumento que concede segurança jurídica para empresários e comerciários continuarem em recuperação econômica. O Acordo Coletivo com empresas do comércio é resposta à inércia do representante patronal para a negociação coletiva”, desabafou o presidente do Sindicato Mário Herrera.

O novo modelo de negociação incentivado pelo Sindicato, tem respaldo jurídico no Art. 611, §1º, CLT que diz; “É facultado aos Sindicatos representativos de categorias profissionais celebrar Acordos Coletivos com uma ou mais empresas da correspondente categoria econômica, que estipulem condições de trabalho, aplicáveis no âmbito da empresa ou das acordantes respectivas relações de trabalho”

Herrera disse ainda que a proposta enviada ao Sindicato Patronal e que não tem resposta, atende os anseios do cenário de recuperação econômica. “Buscamos a reposição da inflação acumulada dos últimos 12 meses de 10,42% (INPC/IBGE) nas cláusulas econômicas e que sejam mantidas todas as demais cláusulas sociais da Convenção Coletiva. Tudo foi reajustado, o gás de cozinha, a energia elétrica, os produtos da cesta básica e o salário dos comerciários continua o mesmo. Isso é justo?”.

As empresas e escritórios de contabilidade interessados em realizar os Acordos Coletivos podem entrar em contato com o advogado do Sindicato o Dr. Evandro Marins através do telefone 3413-1059 ou ir direto a entidade na Rua Paraíba, 31.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.