CRISE HÍDRICA NO BRASIL PREOCUPA ESPECIALISTAS

Brasil Últimas Notícias

Nesta quarta-feira (1) entrou em vigor a nova bandeira tarifária de energia.

Desde outubro do ano passado o baixo nível das hidrelétricas já vinha chamando atenção, e foi quando o governo começou a utilizar as usinas termoelétricas.

Ao longo deste ano de 2021, não houve recuperação dos reservatórios, e a previsão é de que em novembro os reservatórios principais cheguem a 10% da capacidade.

Apesar do quadro alarmante o governo demorou para reconhecer a crise hídrica e só agora toma medidas mais duras para seu enfrentamento.

A taxa extra subirá de R$9,49 para R$14,20 para cada 10kWh consumidos, fazendo o aumento da conta subir quase 7%.

Para incentivar a redução do consumo, o governo também dará um bônus para quem conseguir diminuir as faturas de setembro a dezembro de 2021 em comparação ao mesmo período do ano passado.

Ainda assim o governo descarta a possibilidade de racionamento e diz que as medidas adotadas devem ser suficientes para a contenção da crise hídrica.

Já para os especialistas o risco de um apagão é real, podendo ocorrer em novembro.