ARAÇATUBA PRECISA PARAR DEVIDO À EXPLOSIVOS DEIXADOS POR ASSALTANTES

Polícia Últimas Notícias

Foto: Reprodução/TV TEM

Na madrugada desta segunda-feira (30), criminosos fortemente armados invadiram a cidade para um assalto a bancos e fizeram moradores de reféns.

O mega-assalto terminou com três mortos, três detidos e cinco feridos. O comercio e escolas da cidade precisaram ser fechados pois os assaltantes deixaram explosivos espalhados pela cidade.

Foram encontrados 40 explosivos em 20 pontos distintos da cidade. O GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) trabalha para desarmar as bombas.

Até as 21h de ontem (segunda-feira), 16 artefatos já haviam sido desarmados, porém as equipes ainda trabalhavam para remover mais explosivo.

AS ruas precisaram ser interditadas, por os artefatos possuem sensor de proximidade. Um morador de 25 anos ficou gravemente ferido após passar de bicicleta por um dos pontos. A polícia ainda não sabe se apenas a proximidade à dinamite a teria acionado, ou se o homem atingiu o explosivo. Ele teve os pés e os dedos das mãos amputados.

A cidade precisou alterar as rotas dos ônibus para evitar o centro da cidade. Escolas municipais e estaduais foram fechadas. A vacinação contra a Covid-19 foi atrapalhada, pois um dos pontos de vacinação ficou fechado. Birigui, que recebe as vacinas de Araçatuba, não realizou vacinação nesta segunda-feira por falta de distribuição.

A prefeitura também disponibilizou equipes para atendimento psicológico por meio dos telefones (18) 3624-5565, (18) 3637-1050 e (18) 99607-3897.

O CRAVI – Centro de Referência e Apoio à Vítima, entidade que atua em parceria com o Governo do Estado, também vai prestar apoio aos moradores pelos números (18) 3301-9751; (18) 9777-5771 e (18) 98143 -7074.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.