ENTENDA ALGUNS DOS MOTIVOS PARA O PREÇO DO COMBUSTÍVEL ESTAR TÃO ALTO NO BRASIL.

Política Últimas Notícias

O preço do combustível no Brasil tem subido muito nos últimos meses, chegando a R$ 7,00 reais o litro da gasolina em algumas cidades do país, pesando no bolso do consumidor e afetando duramente o orçamento familiar.

O preço da gasolina já subiu 27,51% neste ano. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, o preço médio do litro de gasolina é de R$6,00. O diesel R$ 4,616.

O presidente tem pedido publicamente para que os governadores diminuam o ICMS, Imposto sobre Circulação de Mercadorias de Serviços, para que desta forma, o preço final do combustível recue.

O preço do combustível é definido pelo preço exercido pela Petrobrás nas refinarias, mais tributos federais (PIS/Pasep, Cofins e Cide) e estadual (ICMS), além do custo de distribuição e revenda. Além disso há o custo do etanol anidro na gasolina e o biodiesel no diesel.

O valor do ICMS em alguns locais chega a 30%. Em 2020 os governadores arrecadaram R$ 80,5 bilhões em ICMS o que representou 15,41% do ganho total com o tributo no ano. Bolsonaro chegou a enviar um projeto ao Congresso Nacional para que fosse estabelecida uma alíquota uniforme e específica. Os governadores dizem que não podem abrir mão da receita.

No governo de Dilma, para evitar uma escalada da inflação, o governo evitava a reajustar os preços administrados, como os da energia elétrica e dos combustíveis. A medida não era bem aceita pelos investidores por ser considerada uma intervenção do estado na economia.

No governo de Temer, a mudança de preços chegou a ser diária, culminando na greve dos caminhoneiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.