DR. PALOMA LIBANIO, SUPERINTENDENTE DO HCFAMEMA, ELUCIDA SOBRE A VARIANTE DELTA DA COVID-19.

Últimas Notícias

Nesta semana, a superintendente do Hospital de Clínicas de Marília – HCFAMEMA, Paloma Libanio, explicou através de suas redes sociais alguns dados e informações sobre a Covid-19 e a variante Delta, que tanto assusta a população.

Veja abaixo a explicação da doutora:

“Variante Delta, E agora?

Alguns estudos mostram que essa variante que já chegou ao Brasil é mais transmissível que as demais cepas.

Vale lembrar que todas as variantes tendem a ser mais infecciosas, porque o objetivo do vírus é justamente achar novas formas de se propagar. E com a vacinação consideravelmente lenta e a população nas ruas, o SARS-CoV-2 continua circulando e novas cepas se formam.

Cientistas ressaltam que a variante se espalhou em países onde boa parte da população já está vacinada e isso poderia explicar o baixo número de internações e mortes.Corroborando com a hipótese de que a vacina é realmente eficaz contra eventos graves!Veja dados do CDC americano comparando pessoas vacinadas com 2 doses versus pessoas não vacinadas.

✅Vacinas reduziram em 8 vezes as chances de pegar a doença.

✅Reduziram em 25 vezes a chance de hospitalização e morte.

✅Para a variante Delta, a eficácia vai para 3 e 10 vezes para infecção e hospitalização/morte, respectivamente. Informação extraída via @denise_garrett

E você ainda têm dúvidas se deve ou não vacinar? E a vacina tem que ser as duas doses quando preconizada😉

A Dra. Paloma, que tem sido uma batalhadora na linha de frente contra o Covid durante a pandemia, ainda se deixou à disposição para quem tenha dúvidas entrar em contato com ela através do seu instagram ou facebook para que ela possa esclarecer essas dúvidas e auxiliar na conscientização da população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.