ACUSADO DE ESTUPRAR E MATAR A SOBRINHA DE 11 ANOS SE SUÍCIDA EM PRESIDIO

Polícia Últimas Notícias

Na tarde desta quinta-feira (12) foi encontrado morto o homem que ajudou a estuprar e a matar a própria sobrinha em Dourados, a 233km de Campo Grande.

Elinho Arévalo, de 34 anos, foi preso dois dias após o crime e foi encontrado enforcado em sua própria cela. A suspeita é de suicídio, mas a polícia investiga o caso. Junto com ele na cela estava Leandro Pinosa, de 20 anos, também envolvido no caso.

Na tarde do domingo, a menina de 11 anos foi atraída até a antiga pedreira da Reserva Indígena de Dourados, ela foi obrigada a consumir pinga e foi estuprada pelo tio e outros quatro homens. Depois foi jogada do topo de um paredão de pedras com 22 metros de altura.

Ela morreu com a queda. O corpo foi encontrado pela família na manhã de segunda-feira (9).

Os quatro envolvidos, entre eles dois adolescentes, um de 14 e outro de 17 anos foram presos no mesmo dia em que o corpo foi encontrado. Com base nos depoimentos, chegaram a Elinho na terça-feira (10) onde confessou o crime e assumiu que estuprava a menina desde os 5 anos de idade.

De acordo com informações, o homem fez uma corda com pedaços de pano e se enforcou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.