VIGILANTE MATA AMANTE DA ESPOSA À FACADAS EM PARAGUAÇU PAULISTA E ESPERA A POLÍCIA JUNTO AO CORPO DA VÍTIMA

Brasil Polícia Últimas Notícias

Foto: Arquivo G1

Na tarde desta terça-feira (8), Fábio da Silva Melo, conhecido como Fábio Corleone, foi assassinado a facadas na rua perto de sua barbearia.

O suspeito, um vigilante de 37 anos, teria invadido o local trabalho da vítima, a barbearia que fica na Rua Paraíba, e saiu correndo atrás do barbeiro por alguns quarteirões, quando o esfaqueou.

O crime teria sido passional, o vigilante afirma que “perdeu a cabeça” ao ver a esposa beijando Fábio. As investigações e depoimentos do suspeito e testemunhas indicam que o barbeiro mantinha um relacionamento amoroso com a esposa do vigilante.

O vigilante ainda teria ficado sentado por um tempo ao lado da vítima, segundo o acusado, ele tinha intenção de se entregar para a polícia, mas com medo das ameaças de agressão por parte dos moradores, fugiu em direção à Maracaí.

O vigilante foi preso em flagrante e indiciado por homicídio qualificado, com uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Nesta quarta-feira (9), a Justiça converteu a prisão em flagrante em preventiva e ele foi levado para a cadeia de Lutécia.