CONFIRMADO RACHA EM ACIDENTE QUE MATOU PSICÓLOGA EM ASSIS. POLÍCIA PEDE PRISÃO PREVENTIVA DE MOTORISTA

Últimas Notícias

Nesta segunda-feira (10), a Polícia Civil concluiu o inquérito que investigava o acidente que matou a psicóloga Maria Flávia Camoleze, em Assis (SP).

Segundo investigações, o motorista do carro em que Flávia estava, o dentista Murilo Almeida Machado, de 24 anos, perdeu o controle do veículo durante um racha e bateu no pilar de um estabelecimento comercial.

Marcelo Armstrong Nunes, delegado responsável pelo caso, pediu prisão preventiva de Murilo por homicídio doloso, disputa ilegal no trânsito e agravante de embriaguez.

         Murilo chegou a ser preso no dia seguinte ao acidente por apresentar sinais de embriaguez, mas foi liberado sob fiança de R$7,7 mil. Outro motorista envolvido no caso também será indiciado por disputa ilegal no trânsito e omissão de socorro, uma vez que saiu do local logo após o acidente sem prestar socorro à vítima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.