SURTO DE COVID-19 EM CONVENTO, MATA MAIS UMA FREIRA

Brasil Últimas Notícias

A irmã Maria Nilda dos Reis, de 80 anos, é a segunda vítima da doença na Congregação Servas do Senhor e o terceiro religioso a morrer por complicações da covid-19.

Ela morreu nesta quinta-feira (4) e é mais uma vítima do surto da doença que atingiu o convento de Botucatu. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 11 religiosas testaram positivo para Covid-19

No sábado passado (30), morreram o padre Sebastião dos Santos, de 48 anos, e a freira Maria Aparecida de Oliveira, de 97.

Irmã Maria Nilda foi sepultada há pouco, no Cemitério Portal das Cruzes, em Botucatu.

Outras nove religiosas do convento também testaram positivo para a covid-19. Uma delas continua internada em estado grave na UTI do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu.

Além do surto no convento, a Arquidiocese de Botucatu também confirmou na semana passada que três padres testaram positivo para a covid-19.

Um padre continua internado em hospital particular da cidade, e seu estado de saúde é estável. O terceiro se recupera em casa.

Foto: Arquidiocese de Botucatu